segunda-feira, 31 de outubro de 2016

CUIDADO COM AQUILO QUE DESEJAS


Pessoas que conhecemos durante anos .. agora são estranhas
Nem percebo como conseguem manter e transportar tanto ódio durante anos .. aquele que mata quem o carrega
Cuidado com aquilo que desejas :-) 
Não perdem uma oportunidade para afetar .. os meios que usam, são destruídos à frente 
Esgotam todo o seu poderio no meio da pobreza .. aquela da mente
Todos morremos
Fica aquilo que construímos .. o que construís-te?
Construí algo inédito, explorei o que era escasso, tive a audácia de a lançar publicamente, afetei a vida privada por causa de mentes pobres que nunca desistiram de me derrubarem, mas quanto mais me atacas-te mais eu lançava arte e pinturas excêntricas, todos os ataques respondi com vídeos, Deus permitiu que desse à volta ao mundo nas redes sociais e me tornasse conhecida e reconhecessem as obras em pleno século XXI 
Acho que se não houvesse tanto ódio e inveja .. a vitória não sabia a nada
Dizes mal porque não consegues chegar a mim, completamente inacessível, talvez para o teu mundo seja perfeita, não conseguis-te viver com a bondade
Em verdade te digo, nem depois de mortos nos reencontramos, porque cada um tem o que merece.
A maldade durante anos é como o veneno que entra no corpo acaba por criar anti corpos, desta forma tornei-me numa mulher com raça.
Quando afastamos a luz da vida e tudo o que representa o bem .. o que fica na vida? Exatamente reina o mal, afinal aqueles que tens como amigos nem se quer gostam de ti e quando precisas estás completamente só. Não é?
Uns deixam-se destruir outros ficam mais fortes .. a forma como reages aos bombardeiros define-te na vida
Tens olhos e não vês ..
Adelaide Moça