quinta-feira, 20 de julho de 2017

O QUE FAZEMOS NÃO FICA SÓ EM NÓS 
POIS EXISTE GENTE Á NOSSA VOLTA 

O ALCANCE DAS NOSSAS AÇÕES É INFINITO
TANTO QUANDO ACERTAMOS ..
COMO QUANDO ERRAMOS ..

SOMOS RESPONSÁVEIS POR NÓS 
E POR QUEM VIVE E CONVIVE CONNOSCO 
ISSO É  UM FACTO



Adelaide Moça

TER CONSCIÊNCIA DA MORTE 
E QUE ESTAREI MORTA EM BREVE 
É A MAIOR FERRAMENTA QUE ENCONTREI PARA ESTAR FOCADA
 E NÃO DESISTIR



Adelaide Moça

domingo, 16 de julho de 2017


A MORTE É O PONTO FINAL PARA TODOS NÓS
NINGUÉM CHEGA MAIS LONGE



Adelaide Moça

sábado, 8 de julho de 2017


AS PESSOAS CUIDAM DE TUDO,
"roupas novas, cabelos, unhas"

DO CÉREBRO NINGUÉM CUIDA
"como diz Dona Dercy de 95 anos: mas por dentro esta uma merda"



Adelaide Moça

quinta-feira, 6 de julho de 2017


AQUELES QUE SE PREOCUPAM E GOSTAM DE MIM SÃO NA VERDADE FABULOSAS


MAS AQUELAS QUE SE CRUZAM NA MINHÃ VIDA E ME AJUDAM ESSAS SÃO DIVINAS
OBRIGADO


PARA ONDE QUER QUE SEJA A NOSSA/VOSSA DIRECÇÃO QUE SEJA ABENÇOADA



Adelaide Moça



quarta-feira, 5 de julho de 2017

A arrogância que alguns tem porque dizem "sou mais"
NÃO DIGA ISSO .. A HUMIDADE NÃO É O SEU FORTE
DIGA APENAS :
"eu sou diferente

"não precisa de ser mais"

O preconceituoso/a acha sempre, que se for embora ou morrer tudo o que está a volta pará ..
ignorância tem limite, funciona bem com "crentes ou isso que está a pensar",
vá embora então, só para ver que tudo há sua volta continua sem "sou mais".


"a morte é a humilhação mais elevada e é certa, quando um ser humano está focado, esquece como todos terminamos"


Gente arrogante não suporta que outra pessoa lhe faça sombra.


Preconceituoso/a e oportunista é aquele que usa as ideias ou o trabalho dos outros como seu.


O preconceito tem três fontes:
A primeira é a DEMÊNCIA 
A segunda é a COBARDIA
A terceira é a VÍTIMA


O preconceituoso/a tem tanto medo de ser diminuido, que ele decide diminuir a outra pessoa, por causa do talento, da forma como vive, da cor da pele, da relegião que ela pratica, da orientação sexual, existe sempre um motivo na cabeça de um preconceituoso/a

E há o preconceituoso/a vítima, acusa 95% da sociedade que não o aceita por preconceito, quando ele/a não aceita a sociedade onde sempre viveu, resolve mudar a sociedade ou arranjar seguidores.


porque para ele/a crescer ele/a tem que baixar o outro.
Esse que baixa outro para crescer é:

É PEQUENO DE MAIS.


Adelaide Moça

domingo, 2 de julho de 2017

NÃO PROCURO .. DEIXO QUE ME ENCONTREM

Não procuro pelo que não me oferecem .. nem mesmo imploro
O AMOR NÃO SE SUPLICA

Deixo que o vento leve da minha vida o que não necessito

Evito que a negatividade, não deixe lugar para a positividade
Não é mais forte aquele que suportar mais, e sim aquele que deixa partir

Se meu par não trás alegria á minha vida
Se não ilumina a vida, não ajuda a crescer 
Se esta comigo, mas não esta a evoluir
Se não reconhece meus talentos
Se não mostra doçura
Se não apoia minha dependência
Se fala muito, mas faz pouco
Se na vida do "outro" não há lugar para mim 
Se tenta mudar-me
Se tenta impor e impõe-se
Se simplesmente não partecipa da minha vida
DEIXO IR EMBORA

"não procuro nem tento ter o que não me quer dar"

"mas me mantenho aberta para que me encontrem
aqueles que de verdade querem fazer parte da minha vida"


Adelaide Moça

quarta-feira, 28 de junho de 2017

domingo, 25 de junho de 2017

COLEÇÃO DE ANJOS


COLEÇÃO VISTA EM VIDEO 








Esta mulher Anjo, ferida e sem perder sua posição de ataque que a mantém no auge.
Apesar de estar ferida com vários cortes em seu corpo, não desiste.
Seu anel grande com duas pedras pretas é um simbolo da sua força conquistada no campo de batalha.






Observa-se uma mulher Anjo de assas abertas a proteger seu corpo, ferido por setas.
Setas que significam a sociedade.
Se reparar com atenção observa setas que perfuram seu corpo e outras não, as setas que não atigem seu corpo são pessoas afastadas que apesar de penetrarem completamente as asas não atingem o corpo, as setas que se vê a furar e penetrar seu corpo são as pessoas mais chegadas que as tinha como boas pessoas as tais que confiava, pois a traição vem sempre de pessoas que não contamos.
Observa-se também neste Anjo feridas e a sangrar não só pela violência das setas como também com outro tipo de ataques, seu top rasgado e suas mãos e pernas já soltas de estarem amarradas.
Uma das suas feridas na cabeça já tratada e ligada, continua a sangrar






Nesta mulher Anjo de assas abertas, observa-se um lenço branco que lhe tapa a boca, significa algo do qual não pode falar, um segredo.
Vê-se uma corrente no pescoço desfarçada de colar, como se já tivesse estado acorrentada.
Observa-se uma camisola justa toda rasgada talvez com violência, que aparenta um body.
Esteve amarrada de mãos e pernas, ainda se vê os fios ao dependuro.
Esta magoada, cortada e seu sangue ainda escorre.






Nesta mulher Anjo observa-se uma postura cansada, cabeça inclinada e triste por ter feito justiça.
Talvez uma justiça que seja, defende-se e vive ou nada faz e morre.
A espada espetada no chão com sangue a cair sobre ela significa justiça conseguida, venceu.
Com pormenores cuidados de roupa e cabelos, seu robusto colar e unhas tratadas.
Anjo ferido onde seu sangue escorre.






Observa-se uma mulher Anjo que conseguiu atingir a felicidade.
As flores e a fita branca no cabelo significam sentir-se bela e segura.
Realizada mantém a sua postura de agradar.







Esta mulher Anjo de assas imponentes está em sofrimento.
Solitária e sem ter com quem desabafar mantém a sua dor em silêncio.
Chora e seus cortes continuam a sangrar, uma delas nas costas.
Este anjo de uma beleza igual a si própria.







Este Anjo esta na paz, agradar.
Talvez tenha conseguido atengir a serenidade.
Mas com a intensidade de um olhar de tristeza, pois sua paz vem e vai.
Pois acredita que "só" a felicidade seria certa.






Este Anjo esta a ir em direção ao seu destino.
Venceu a batalha.
Perdeu uma das suas asas, ferida e a sangrar.
Larga sua espada pois não quer continuar em batalha, cansada.
Precisa de paz.
Procura viver a vida num local distante e sagrado.







Esta mulher Anjo em posição de ataque e suas assas semi abertas, com o peso exagerado da sua espada descaida tal como alguns fardos da vida.
Ferida e a sangrar.
Não desiste e continua na luta, mantém sua posição marcante.






Esta mulher Anjo faleceu a lutar pela vida, sem desistir e atingida por uma seta fatal.
Seu corpo desfalecido cortado e a sangrar apoiado e abraçada por alguém de punho fechado, que se focará na justiça.






Observa-se uma mulher Anjo com sua imagem cuidada, vestes, colar, pulseiras a condizerem.
Em paz, numa pose tranquila, apesar de uma das sua lutas terem terminado.
Ainda se vê as suas asas a voarem e outras a pousarem.






Uma mulher Anjo na sua posição de ataque, a espada levantada, significa que esta preparada para a batalha.
Seus cabelos cuidados com uma cor forte e viva.
Desistir não é opção.
Magoada e ferida, apresenta-se para a luta como se estivesse no inicio.






Observa-se uma mulher Anjo de imagem cuidada abraçada pela roupa branca e unhas cuidadas também brancas, pureza em pessoa.
Seu colar e pulseira negra, significa que foi infeliz no amor.
Seu arco e flecha vermelho em posição de lançamento significa que não desiste de encontrar o amor.
Vai voltar a lançar a sua seta.
Arrumem-se






Observa-se uma mulher Anjo numa posição relaxante de ambas as assas abertas, descontraída.
De imagem cuidada e seus cabelos, unhas de mãos e pés pintadas de branco.
Seu colar branco, significa que esta em paz com Deus.






Mulher Anjo indo em direcção ao seu futuro com assas cheias de pormenor.
Um futuro em que não sabe para onde vai.
Mas, vai em paz e com vontade, porque certamente será melhor que seu presente.






Observa-se uma mulher Anjo desesperada, numa posição sentada sobre as coxas.
Esta de cabeça para baixo e com suas mãos sobre a cabeça.
Infelizmente entregou-se ao desespero algo que nunca se deve fazer.






Esta mulher Anjo numa posição de cabeça erguida para o céu e, perdeu-se a si própria numa melancolia profunda.
Não lhe resta nada, como se perdesse tudo
Mas a sua crença em Deus é superior a ela própria.
Agarrada de uma força desesperada ao terço branco e sua cruz branca.





Uma mulher Anjo e o seu instinto maternal.
Se encarrega de proteger um bebe como se fosse seu.






Mulher Anjo em direcção ao seu destino, seu rosto virado numa direcção.
Significa que tem um destino que a espera, como se tivesse suspendido a sua felicidade. 





Uma mulher Anjo focada no seu presente.
Onde está exatamente onde quer estar, o agora.
Sua apresentação cuidada, com um simples colar e uma cueca azul que lembra o mar, juntamente com os cabelos criam um circulo perfeito exuberantes da sua feminilidade.






Morte de uma mulher nos braços de um Anjo que não conseguiu protege-la sua imagem é cuidada, seus cabelos definidos, suas assas cheias de pormenores.
De assas abertas, em lágrimas onde a dor que não cabe no peito transborda pelos olhos.
O colar branco significa uma mulher boa, cheia de paz e amor.
Na vida à momentos que não conseguimos vencer e cedemos à morte.
Dentro de nós existe uma essência divina que tal como a estrela polar nos guia eternamente.











sábado, 17 de junho de 2017

domingo, 11 de junho de 2017


DE TANTO LUTAR PARA VER O SORRISO DOS OUTROS

APRENDI A VALORIZAR O MEU


Adelaide Moça

sábado, 3 de junho de 2017


O MODO COMO UMA PESSOA TRATA OUTRA
É UM REFLEXO DIRETO 
COMO ELA SE SENTE CONSIGO MESMA


Adelaide Moça

segunda-feira, 29 de maio de 2017


NÃO TENHO MEDO DE PERDER PESSOAS 
TENHA MEDO DE PERDER A MIM MESMO 
ENQUANTO TENTO NÃO PERDER ALGUÉM 



Adelaide Moça

quarta-feira, 24 de maio de 2017


"NO FINAL"
NÃO NOS LEMBRAMOS DAS PALAVRAS DOS NOSSOS INIMIGOS,
MAS DO SILÊNCIO DOS NOSSOS AMIGOS.



Adelaide Moça

sábado, 20 de maio de 2017


NÃO PERMITA QUE NENHUMA PESSOA A FAÇA DESCER TÃO BAIXO

A PONTO DE SENTIR ÓDIO

Adelaide Moça

terça-feira, 9 de maio de 2017

sexta-feira, 5 de maio de 2017

JORNAL DE MATOSINHOS "O MATOSINHESE"


Texto inspirado na biografia da pintora





Jornal de Matosinhos
"O Matosinhense"


Jornal de Matosinhos "O Matosinhos"


quinta-feira, 4 de maio de 2017

BIOGRAFIA DE ADELAIDE MOÇA




BIOGRAFIA DE Adelaide Moça

Adelaide Moça

Pintora

Nascida a 22 Fevereiro de 1972
Matosinhos é a sua cidade de nascimento são os lugares da infância e da adolescência, 
Nacionalidade Portuguesa
Porto é das referências mais significantes e continuadas da vida.


Criança tranquila, e a capacidade de analise, poupou de erros desnecessários.

Nasceu e cresceu com Pais separados, numa família numerosa.
Sem qualquer tipo de amor, nem de Mãe ou de Pai, subestimada pela família.
Toda a vida percorreu um caminho solitário.
Viveu com a Mãe até aos 21 anos em que passou a viver com o Pai, 
de onde saiu aos 25 anos.


Passou fome, mas os anos mais críticos foi entre 1992 e 1994 uma fase de transição.


Onde concorreu a vários anúncios de trabalho, sem sucesso.


Foi manequim e modelo fotográfico durante uma década.



Nunca casou e sem filhos ate a data.



A primeira obra de arte foi pintada quando tinha 18 anos de idade no ano de 1990.

Esteve parada uns anos, antes de iniciar, só em 1994 é que arrancou.
Tudo começou depois de adquirir a sua primeira pintura, 
sentiu que tinha capacidade para criar algo superior.
Olhando para a sua pintura infinitas vezes, a única fonte de inspiração e de impulso.
E iniciou, mesmo sem saber por onde começar, e sem saber para onde iria, sem nenhuma ideia de organização.


As suas primeiras duzentas obras são básicas vindo a melhorar a qualidade da pintura ao longo dos anos.
As criticas devem ser dadas analisando toda a sua obra até a data de hoje.
É de uma grande ignorância criticar uma obra com data de 1994, ou os primeiros oito anos,
antes de criticar por favor repare no ano da obra. .

Analisando hoje, nunca imaginou o sucesso que viria a ter
Um percurso baseado na consolidação sustentada da evolução artística.
Investiu tudo em arte um part-time muito dispendioso que a levou a falência algumas vezes.


Os primeiros seguidores foram dos Estados Unidos onde recebeu duras criticas as suas obras.
A seguir Dubai que foi bem recebida nas primeiras centenas de pessoas.
Em continuação com o Brasil, México, Venezuela, Espanha, França, Reino Unido, Escócia, Irlanda, Holanda, Itália, Alemanha, Rússia, Japão, Argélia, Índia, Bélgica, Dinamarca, Suíça, Suécia, Macau, Índia, Indonésia, Argentina, Cuba, Austrália, China, Japão, Paquistão, .. etc 
Ao longo dos anos, deu a volta ao mundo através das redes sociais com as suas obras de arte.
Organizadas por coleções.
Ah poucos meses tem vindo a conquistar seguidores nacionais, 
de todos as partes do País incluído emigrantes.
Movimenta milhões de pessoas nas redes sociais, em várias páginas da web onde está inscrita.
A sua vida é completamente pública nada faz,
que não acaba por ser do conhecimento público.
Que acaba por ser partelhado nas redes sociais.
Seus seguidores são atentos a todas as suas movimentações.


Arrancou com as suas primeiras exposições no ano de 2009
Pintando sempre a óleo sobre tela.


Conhecida pelas suas obras inéditas e excêntricas.
Autodidata reconhecida internacionalmente, as suas pinturas são naif personalizado.
Tendência natural para a pintura
A maioria das suas obras são da cidade do Porto, apresenta a cidade invicta de cores vibrantes.


O que a destacou no internacional foi a COLECÇÃO NUDEZ DE UM SER HUMANO.
Coleções polémicas, sempre criticadas para o bem ou para o mal.
Onde as diferentes línguas, 
culturas ou religiões compreendem nitidamente a mensagem das suas obras.
Uma mensagem universal que abarca o mundo.
Pinturas inéditas e excêntricas que falam por si próprias.


Ela é o seu próprio ícone de mulher.
Suas pinturas são baseadas nela própria.
Pinta o seu próprio corpo, seus cabelos, sua silhueta em várias posições.
Suas pinturas de nudez é baseada em si mesma.
Os esboços foram feitos através das suas fotografias, maioria tiradas com tripé.
A pintora esta representada, pintada, em todas as suas obras de arte ligadas a coleção de nudez.
Quando observa uma pintura de nus, vê a pintora auto retratada. 


Algumas das suas pinturas são comoventes.
Criou suas obras de coração com uma beleza como quem respira a sua própria essência.
Com naturalidade e simplicidade as ideias surgem umas a trás das outras.


Das mais marcantes é também a coleção de Anjos.
Uma coleção polémica onde a pintora transmite mensagens através das suas obras de arte.
A única coleção onde a pintora interage com os admiradores.
Onde sem dizer uma palavra se compreende a mensagem.
Colecção de Anjos é baseada na sua vida pessoal.


Adelaide Moça

quarta-feira, 3 de maio de 2017

ENTREVISTA 08/MARÇO/2016


Dia da Mulher
Dia de uma entrevista marcada á muito tempo para a rádio AO SABOR DO VENTO feita pelo entrevistador Eduardo Urze Pires, que veio ao Porto de propósito.
Apesar de estar mentalmente desorientada e em choc, decidi não desistir da entrevista.
Desistir não é opção na minha forma de viver.

UM DIA QUE PENSAVA E TINHA TUDO PARA ESTAR FELIZ
MAS NÃO

Entrevista foi gravada apartir das 14.30h, quando 5 horas antes estive no hospital, onde nessa madrugada "Pai" entrou em sofrimento durante horas, acabando por ficar internado.
Com uma "idade especial" vai ter que ser submetido a mais uma intervenção.

FIQUEI UM FARRAPO E ESTA ENTREVISTA PROVA ISSO .. A DESORIENTAÇÃO É NÍTIDA

domingo, 30 de abril de 2017

sábado, 29 de abril de 2017

sexta-feira, 28 de abril de 2017



A MAIOR DEMONSTRAÇÃO DE FRAQUEZA.

É PISAR NOS OUTROS PARA PROVAR PODER.



Adelaide Moça

quinta-feira, 27 de abril de 2017

quarta-feira, 26 de abril de 2017



ACEITAR A PESSOA COMO ELA É
NÃO ME OBRIGA A CONVIVER COM ELA


Adelaide Moça

"INFERNO MESMO"
É SER OBRIGADA A LEVAR COM UM INDIVÍDUO QUE NÃO NOS DIZ NADA


Adelaide Moça


A ARROGÂNCIA É UMA DOENÇA
TRATA-SE


terça-feira, 25 de abril de 2017


A MUDANÇA QUE VOCÊ TANTO DESEJA
ESTA NAS DECISÕES QUE VOCÊ NÃO TOMA.


Adelaide Moça

sábado, 22 de abril de 2017



CORAGEM
É IR DE FALHANÇO EM FALHANÇO
E NÁO PERDER O ENTUSIASMO



Adelaide Moça

sexta-feira, 21 de abril de 2017




NUNCA VERÁS UM CARRO DE MUDANÇAS .. ATRÁS DE UM CARRO FUNEBRE
O QUE QUER QUE TENHAS NA VIDA .. NÃO PODERÁS LEVAR CONTIGO


Adelaide Moça